Artigo: A análise de impactos nos estudos de futuro

"É possível observar com cautela o que está à nossa volta, extraindo aprendizados de um cenário que, à primeira vista, apresenta-se de forma hostil"

em 22/04/2020

Artigo: A análise de impactos nos estudos de futuro

Por Isabela Petrosillo*

Estamos num momento de inúmeras incertezas devido às situações inéditas que o isolamento social indefinido nos traz. Uma das formas de contornarmos essas inseguranças é observar os impactos causados por essa condição. Esse exercício analítico constitui parte importante dos estudos de futuro. O monitoramento dos impactos, nos mais variados âmbitos, como a economia, a sociedade e o meio ambiente, traz ferramentas para orientar a tomada de decisões ágeis.

Mesmo com seus inevitáveis desconfortos, as rupturas evidenciam aos olhares atentos as estruturas que organizam a sociedade e, assim, oferecem oportunidades de melhoria. Toda quebra é também um convite ao restauro. Uma possibilidade de repensar práticas tanto sociais quanto mercadológicas. Além disso, um momento no qual os estudos de futuro se mostram fundamentais.

Em razão da comodidade que sentimos diante do conhecido, confiamos na estabilidade das situações. Quando, na verdade, a única certeza que temos é a do movimento. Muitas vezes não percebemos as transformações sociais por sua progressão lenta, mas em momentos de suspensão do comum, a ação se evidencia e acelera. Reconhecemos, sem o peso da dúvida, que somos produtos deste tempo e seus agentes de mudança.

Atualmente, podemos ver a maneira como o isolamento impacta os aspectos mais variados das dinâmicas do mercado. Neste cenário, é possível analisar como as ações de hoje estão transformando o mundo que vivemos e pensar nos prováveis desdobramentos que elas podem ter num futuro próximo.

Observamos como as empresas têm se ajustado ao home office, que para muitas delas era impensado. Entendemos de que maneira os times remotos estão sendo gerenciados, na tentativa de manter o engajamento e o equilíbrio emocional das equipes. Percebemos outras formas de se relacionar com o espaço e a mobilidade urbana, revendo o valor da produção local. Com as análises feitas, então, começamos a observar quais pistas essas dinâmicas nos trazem para indagarmos sobre os possíveis cenários futuros das empresas, do mercado de trabalho, da vida urbana, das relações sociais e de inúmeros outros temas relevantes.

O olhar curioso, aquele que Tom Zé canta em “Salva a Humanidade”, é o que nos permite ver mais além e inovar. “Tudo que nunca foi achado/Ficará também conhecido se procurado/Com curiosidade”. Procurar o que este momento pode nos ensinar, eis aí a pista valiosa. Cada sinal de transformação identificado nos traz narrativas próprias, que abrem vastos campos de possibilidades.

As oportunidades de indagações e, consequentemente de pesquisa, são infindáveis. As boas perguntas são mapas do conhecimento. Quanto mais observamos, mais descobrimos o quanto há para ser visto. E, então, como será o futuro? Quais são tendências se consolidarão? Eis as perguntas irresistíveis, mas, serão as mais necessárias neste momento?

No início de períodos de grandes transformações, é difícil enxergar quais mudanças se consolidarão em práticas que podem se tornar caminhos realmente singulares. Tudo é material de estudo para que, no tempo certo, com o armazenamento de informações imprescindíveis, torne-se base para imaginar futuros possíveis.

Diante disso, podemos escapar do afobamento das dúvidas. É possível observar com cautela o que está à nossa volta, extraindo aprendizados de um cenário que, à primeira vista, apresenta-se de forma hostil. Os desafios do presente podem se tornar oportunidades, quando bem examinados. Que tal desenvolver o olhar observador? Será que há uma oportunidade disponível ainda não percebida?

Isabela Petrosillo
*Isabela Petrosillo é pesquisadora do Lab de Tendências da Casa Firjan

Tópicos:
  • Artigo
  • Lab de Tendências Casa Firjan
  • Estudos de Futuro
  • Futuro
  • Futurismo
  • Covid-19
  • Coronavírus
  • Análise de impactos
Em destaque
Artigos, Estudos e Pesquisas 64º Dossiê: Destacando-se no LinkedIn

É preciso que a empresa ou profissional avalie o andamento de seus compartilhamentos e interações para que consiga identificar quais causam maior engajamento

em 29/10/2021

Artigos, Estudos e Pesquisas 63º Dossiê: ESG na prática

É fundamental escolher metodologias adequadas para o monitoramento das ações ESG nos negócios

em 25/10/2021

Artigos, Estudos e Pesquisas 62º Dossiê: Biometria facial para empresas

A utilização da tecnologia de reconhecimento facial permite que as empresas criem novas experiências para seus colaboradores, usuários e clientes

em 11/10/2021