Histórias reais de pessoas e empresas que transformaram problemas em oportunidades

Carlos Domingos, autor dos livros “Oportunidades Disfarçadas” e “Oportunidades Disfarçadas 2”, ministrou palestra no Aquário da Casa Firjan

em 11/11/2019

É na crise que encontramos oportunidades de novos negócios. A afirmação, tão exaustivamente feita em momentos de dificuldade, parece romantizar o sofrimento. Mas a verdade é que ela é, sim, momento para o despertar de processo criativo e para proporcionar inovação e avanços, tanto sociais quanto tecnológicos. É nessa ideia que a Casa Firjan aposta como ator de transformação e evolução.

Por isso, o debate da noite de terça-feira, 22/10, promovido pelo Aquário, trouxe ao centro da discussão o tema “Oportunidades Disfarçadas: Histórias reais de pessoas e empresas que transformaram problemas em grandes oportunidades”. A palestra foi ministrada pelo publicitário Carlos Domingos, autor dos livros que deram nome ao evento: “Oportunidades Disfarçadas” e “Oportunidades Disfarçadas 2”, publicados pela Editora Sextante.

Que tipos de problema são oportunidades? As respostas incluem: crise, falta de recursos, concorrência, ou qualquer dificuldade enfrentada pelas corporações que ameacem seu crescimento ou mesmo a sua permanência no mercado. E não somente. É possível descobrir formas de negócios quando e onde menos se imagina. Domingos expôs um caso de inconformismo de um empregado com as sobras de material plástico que a empresa onde trabalhava acabava juntando. Ia tudo para o lixo. Assim, ele acabou levando as sobras para casa e, depois de muito testar, acabou dando vida a um conjunto de utensílios de cozinha, cuja marca hoje é líder e mundialmente conhecida.

O publicitário vai mais longe em sua tese, alertando para o perigo da cultura de se jogar o problema para debaixo do tapete. “Por sermos de cultura ocidental, a gente não gosta de ir à raiz do problema. Mas, para continuar no mercado e superar a crise, é preciso ter a cultura do enfrentamento”, declara Domingos, que construiu carreira como publicitário e fundou sua própria agência em 2000. Ele é autor também do livro “Criação sem Pistolão” e ganhador de 12 leões em Cannes.

Domingos é categórico ao ser questionado se é possível buscar a inovação de forma contínua, mesmo sem estarmos diante de um problema. “A empresa, em geral, precisa estar sofrendo uma crise para aceitar um projeto inovador. A inovação acontece mediante grande necessidade”, acredita o palestrante, tomando como exemplo o surgimento de serviços desenvolvidos e executados por startups.

Em destaque
Aquário Casa Firjan Como gerenciar a saúde emocional da sua equipe

Encontro debateu o papel de líderes diante de casos de ansiedade e depressão

em 28/10/2020

Aquário Casa Firjan Boas práticas empresariais para um desenvolvimento econômico sustentável

Os alicerces de um futuro mais saudável, limpo e próspero estão sendo construídos agora

em 21/10/2020

Aquário Casa Firjan O Dilema das redes – desafios da privacidade em uma sociedade de vigilância

A popularização do debate sobre privacidade nas redes é positivo, mas como pensar a questão de forma realista e baseada em fatos?

em 14/10/2020