ESG para alinhar lucro e sustentabilidade

“Quanto mais envolver suas partes interessadas, maior o valor gerado para a empresa, que logo vai atrair mais investimentos”, aponta Lara Martins

em 07/07/2022

Para Lara Martins, gerente de Causas Coletivas do Sistema B Brasil, uma nova era de competitividade se aproxima. Nela, saem na frente as empresas que buscam gerar valor para todas as possíveis partes interessadas no negócio - os stakeholders -, e se engajam com boas práticas ambientais, sociais e de governança (ESG).

Assista também
ESG no coração da estratégia de negócio, com Maya Colombani
O desafio da sustentabilidade para as empresas brasileiras

Realizar a transição de um capitalismo focado essencialmente no lucro para um modelo de negócio de impacto positivo, segundo a especialista, está longe de ser um processo simples, mas é possível e urgente. Para começar, Lara recomenda que as empresas escutem seus stakeholders ativamente e utilizem a ferramenta de Avaliação de Impacto B.

Lara participou do Aquário Casa Firjan "ESG e o capitalismo de stakeholders".

Tópicos:
  • Lab de Tendências
  • Pílulas de Conteúdo
  • ESG
  • Impacto Social
  • Negócios sustentáveis
  • Propósito
Em destaque
Pílulas de Conteúdo - Lab de Tendências Sonhos coletivos para construir um futuro sustentável, com Sidarta Ribeiro

"Todas as vezes que começamos a sonhar estamos potencialmente gerando novas ideias e mudanças comportamentais", explica o neurocientista

em 11/08/2022

Pílulas de Conteúdo - Lab de Tendências O poder dos dados na estratégia de negócios

"Não só contratar cientistas de dados, mas também aumentar o nível de letramento de dados de todos da empresa seria muito valioso", defende Rebecca Nugent

em 22/07/2022

Pílulas de Conteúdo - Lab de Tendências Saúde mental em foco no trabalho remoto

Atuar de maneira preventiva e preditiva é importante para promover a segurança psicológica nas empresas, explica Ana Carolina Peuker

em 14/07/2022