Casa Firjan apresenta seu novo ciclo Adaptabilidade

Programação vai explorar ferramentas relacionadas à competência imprescindível para o contexto atual

26/08/2020

Casa Firjan apresenta seu novo ciclo Adaptabilidade

A Adaptabilidade é o tema do novo ciclo temático da Casa Firjan. Nos próximos meses, Aquários, Diálogos, cursos, oficinas e mostras, entre outras ações, abordarão a temática, tão apropriada ao cenário socioeconômico atual.

“Não se trata apenas de reação à crise, mas de um processo de geração de oportunidades. A adaptabilidade é uma habilidade que pode ser desenvolvida com a ajuda de ferramentas e usada de um ponto de vista estratégico”, afirma Maria Isabel Oschery, gerente de Conteúdo da Casa Firjan.

Assista
Adaptabilidade: 13 palestras selecionadas para ajudar a desenvolver a competência

Além de diferentes produtos que estão sendo criados, a equipe da Casa fará uma curadoria de conteúdos relacionados a essa competência para mostrar que adaptabilidade é uma habilidade passível de ser desenvolvida. Para isso, serão selecionadas palestras, artigos e pílulas com especialistas multidisciplinares.

Um olhar prático
O novo ciclo tem o objetivo de apontar caminhos aplicáveis para catalisar a retomada socioeconômica do Rio de Janeiro em um contexto de urgência. Segundo Maria Isabel, o tema será abordado com um olhar prático, respaldado em uma mudança de mindset e ancorado em pilares como o desenvolvimento de habilidades pessoais e profissionais e da flexibilidade organizacional. Muito indicadas em momentos de pressão e de crise, ferramentas como a prática de mindfulness, por exemplo, já oferecida pela Casa Firjan, terá agora uma versão em formato de curso especialmente focado para líderes, assim como ações que apresentem soluções para exercitar a adaptabilidade no negócio, como o Scrum, um método ágil fundamental.

"Queremos mostrar que é possível enxergar oportunidades nesse mar de incertezas, a partir do momento em que se muda a maneira de ver as coisas”, esclarece ela, acrescentando que a mudança de modelo mental deve ser fomentada pelos líderes. "São eles que têm as condições de trabalhar essas mudanças e investir na capacitação, não só com enfoque nas habilidades técnicas, mas também nas socioemocionais. Quando existe o entendimento de que há novas formas de se fazer o negócio, fica mais confortável enfrentar a crise e as saídas surgem”, finaliza.

Mindset adaptável
Para Natalie Fratto, investidora em tecnologia, a adaptabilidade é a competência mais importante na hora de avaliar startups. Em sua palestra no TED, Fratto conta que, diferentemente de outros investidores de risco, em vez de avaliar a inteligência ou o quociente emocional dos fundadores e gestores das startups, ela se preocupa em avaliar o QA - quociente adaptável: "É o quanto uma pessoa reage bem à inevitabilidade da mudança. A capacidade de se adaptar é uma forma de inteligência, e nosso quociente de adaptabilidade pode ser medido, testado e aprimorado."

Assista à palestra de Natalie Fratto na íntegra:


Para desenvolver um mindset adaptável, aponta a investidora, é preciso exercitar três características:

✅ Manter um perfil investigador: analisar e considerar constantemente novas possibilidades, mesmo quando o sucesso já tenha sido alcançado.  

✅ Estimular a capacidade de imaginar e simular versões possíveis de futuro: estar sempre se perguntando “e se...?”.

✅ Estar disposto e interessado em aprender continuamente.

A programação do Ciclo Adaptabilidade vem aí para te ajudar a desenvolver esse mindset. Para aquecer, selecionamos alguns conteúdos relacionados produzidos pela equipe da Casa Firjan:

◼️ PERFIL INVESTIGADOR:


◼️ SIMULAÇÃO DE FUTUROS:


◼️ APRENDIZADO CONTÍNUO:


Quer desenvolver mais profundamente essa habilidade? Acesse a agenda completa do Ciclo Adaptabilidade e acompanhe o conteúdo relacionado.