‘Diálogos de Adaptabilidade’ mostra como empresas se adaptaram durante a pandemia

Transmissão acontece na quinta-feira, 24/9, às 17h. Inscreva-se gratuitamente

18/09/2020

‘Diálogos de Adaptabilidade’ mostra como empresas se adaptaram durante a pandemia

Diretores de uma fábrica de moda fitness, criada em 1995 e pioneira de moda esportiva no Brasil, Cláudio e Kenia Cariello tiveram que se adaptar a um novo contexto: na pandemia, a CCM passou a produzir EPIs - equipamentos de produção individual, como máscaras, aventais, capotes, jalecos, sapatilhas e toucas. Fundadores da Insider, Carolina Matsue e Yuri Gricheno passaram a fabricar máscaras e camisetas com nanopartículas de prata, que impede a ação do coronavírus. Os dois cases vão ser tratados na próximo ‘Diálogos de Adaptabilidade’, que vai discutir as transformações realizadas por empresas que se adaptaram ou se reinventaram ao longo de 2020. Promovido pela Casa Firjan, o encontro online será na quinta, 24, a partir das 17h, com transmissão ao vivo pelo canal da Firjan Senai no Youtube.  

Inscreva-se no Diálogos de Adaptabilidade

“A pesquisa Adaptabilidade da Indústria Fluminense frente à pandemia mostrou que as mudanças que ocorreram em empresas de todos os portes vieram para ficar. A ideia do Diálogos de Adaptabilidade é entender onde foram essas mudanças, como elas aconteceram e como podemos aprender com elas as melhores práticas para continuar estimulando daqui pra frente”, explica Julia Zardo, gerente de Ambiente de Inovação da Firjan, que fará a mediação do debate. “A gente quer falar tanto das transformações administrativas, gerenciais, incrementais, de acesso a mercado, quanto das empresas que inovaram de forma mais disruptiva, pensando em outros produtos, serviços e modelos de negócio”, completa.  

Além dos empresários, participam da conversa Antonio Fidalgo, pesquisador-chefe do Instituto SENAI de Inovação em Química Verde, e Joana Siqueira, coordenadora de pesquisas institucionais da Firjan, que vai apresentar os resultados da pesquisa Adaptabilidade da Indústria Fluminense frente à pandemia, feita pela Firjan, com dados da Sondagem Industrial no 2º trimestre de 2020. O encontro faz parte da programação do novo ciclo da Casa Firjan, que tem como tema Adaptabilidade.  

Sobre o Ciclo Adaptabilidade  
As transformações em escala mundial decorrentes da pandemia deixaram ainda mais evidente a importância da agilidade na tomada de decisões e na capacidade de resposta das empresas. A capacidade de adaptação diante de novos cenários, em constante transformação, é extremamente relevante para a sobrevivência das empresas. Tema do novo ciclo da Casa Firjan, a adaptabilidade é entendida como a capacidade de constantemente fazer mudanças estratégicas. É uma competência que pode e precisa ser desenvolvida por profissionais e empresas, através de ferramentas, metodologias, conteúdos e modelos mentais.