Pensa Rio estreia com o tema Estado Eficaz e Eficiente e discute estratégias para melhorar a gestão pública

Série de encontros on-line será realizada semanalmente, até o final do ano

04/02/2021

Pensa Rio estreia com o tema Estado Eficaz e Eficiente e discute estratégias para melhorar a gestão pública Julia Zardo, gerente de Ambientes de Inovação da Firjan, mediou o primeiro encontro | Foto: Vinícius Magalhães

A Casa Firjan lançou, na manhã desta quarta-feira, 03/02, o Programa Pensa Rio, série de encontros on-line que será realizada semanalmente, até o final do ano, com o objetivo de estimular o debate e trazer ideias para melhorar o ambiente de negócios e a qualidade de vida no estado. Na estreia, com mediação de Julia Zardo, gerente de Ambientes de Inovação da Firjan, especialistas discutiram ações, estratégias e políticas públicas orientados pelo tema Estado Eficaz e Eficiente. 

Assista à primeira edição do Pensa Rio:

“Não há espaço mais apropriado para pensarmos o Rio de Janeiro do que a Casa Firjan, que traz no DNA a aptidão para funcionar como think tank, uma fábrica de ideias que geram ferramentas e preparam os empresários para transformações e inovações. Os especialistas, com a bagagem que trazem, podem estimular as reflexões e ajudar a catalisar ideias”, definiu Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira, presidente da Firjan, no evento de estreia. 

Segundo José Luiz Alquéres, presidente do Conselho Estratégico da Casa Firjan, o Pensa Rio funcionará como um palco de ideias. “Somos sonhadores, aqui convidados para exercermos a nossa criatividade no livre pensar, com foco num Rio melhor. O Rio que queremos rejeita o ‘jeitinho’ e a corrupção. Não é um lugar de pessoas que gostam de levar vantagem em tudo, mas que têm capacidade de segurar a causa pública”, detalhou. 

Alquéres pontuou que o tema Estado Eficiente e Eficaz tem uma dimensão ética de grande relevância. “Coisas boas são criadas por pessoas boas e a nossa intenção, ao trazer esse time de profissionais, é fazer com que surjam ideias a partir dos nossos encontros, que se transformem num apanhado de bons programas e em iniciativas inovadoras", explicou. 

Diretor-executivo do Instituto de Estudos do Trabalho e Sociedade (Iets), Manuel Thedim comandou a primeira manhã de debates, relacionando eficácia com a política pública baseada em evidências e com a avaliação e o monitoramento constante. “O Estado brasileiro tem sido muito menos eficaz, eficiente e republicano do que deveria e está na hora de discutirmos a questão. Gosto muito da ideia de estabelecermos e fundarmos uma nova arquitetura institucional, com um estado verdadeiramente republicano, trabalhando a favor do cidadão”, afirmou Thedim. 

Responsável pela recém-criada Secretaria de Governo e Integridade Pública da Prefeitura do Rio de Janeiro, Marcelo Caleiro falou que a iniciativa de trazer as regras de compliance para dentro da gestão pública vai ao encontro da integridade do Estado. “É uma oportunidade única podermos discutir a cidade e apresentar soluções. A iniciativa da prefeitura visa garantir uma redução de riscos, conflitos de interesses e desvio de recursos no âmbito da administração municipal, além do trabalho das corregedorias e controladorias”. 

Guilherme Coelho, fundador do Instituto República, que se dedica a melhorar a gestão de pessoas no serviço público no Brasil, chamou a atenção para o conceito de “foco no cliente”, comum na iniciativa privada, que vem sendo absorvido pelo setor público. “Mais do que nunca, precisamos enxergar a necessidade de governos efetivos, competentes e presentes. Cidadãos são clientes. E o servidor público íntegro é aquele que entrega o que promete. É responsável e responsivo às demandas dos cidadãos”, ensinou Coelho. 

Procuradora da Fazenda Nacional, Fernanda Santiago elogiou a iniciativa da Firjan. “Quanto mais ocuparmos espaços de troca e debates como esse, mais estaremos instruídos a cobrar dos nossos representantes o dever republicano”, destacou.  

O Pensa Rio acontece às quartas-feiras, das 11h30m às 12h30m, com transmissão pelo canal da Firjan no YouTube. 

Inscreva-se na próxima edição (24/02)