Metápolis: para entender as cidades além do território

O conceito de Metápolis prevê um engajamento cívico para transformar o cotidiano da população dos grandes centros urbanos

em 20/10/2021

Metápolis: para entender as cidades além do território

 Por Julia Zardo, José Alberto Aranha e Luiza Aguiar*

Depois de tanto tempo estamos voltando a ir para rua, a ocupar as cidades novamente. A forma como nos relacionamos vai mudar mais uma vez? Como se organizarão os territórios e as territorialidades a partir de agora? O filósofo Deleuze diz que num primeiro momento é possível, sim, associar o território a um domínio espacial, mas que o recorte geográfico não é suficiente para delimitá-lo. Gregotti, arquiteto italiano, entende que o território tem valor, significado e vínculo simbólico nosso com o mundo e com todos os membros de uma comunidade.

Leia o artigo na íntegra, publicado na coluna Inovação e Sociedade, na Veja Rio.

 

*Julia Zardo é gerente de Ambientes de Inovação da Firjan. José Alberto Aranha é presidente do Conselho da ANPROTEC e membro do Conselho Estratégico da Casa Firjan. Luiza Aguiar é Bacharel em Relações Internacionais pela PUC-Rio.

Tópicos:
  • Ambientes de Inovação
  • Colaboração
  • Engajamento cívico
  • Centros urbanos
Em destaque
Ambientes de Inovação Repensando a performance: neurotecnologia e as novas fronteiras do cérebro

Repensar a forma como performamos é fundamental para criar o futuro que queremos

em 16/11/2021

Ambientes de Inovação Academia-Indústria: conexão que gera inovação e soluções para a sociedade

A cooperação entre empresas e universidades pode acelerar desenvolvimentos e novas descobertas, fomentando a inovação

em 24/08/2021

Ambientes de Inovação Um caminho para consolidar vocações criativas e naturais

Um distrito criativo só terá desenvolvimento efetivo através da criação de uma governança em que participem todos

em 14/07/2021